16 de outubro de 2012

Serie Casamentos - Cigano

Droboito (Bom Dia), tudo bem? 

Mistério, Paixão e muita Sedução, é sempre nesses ingrediente que eu penso quando o assunto é ... 



Retratado em diversos livros, filmes, seriados e novelas, o casamento cigano é um dos que mais despertam a curiosidade e fascínio nas pessoas. Isso porque o evento tem um ritual cheio de peculiaridades, como o "pacto de sangue", vestido de noiva vermelho e prova de virgindade.


Uma vez que essa rica cultura é divida em grupos que adotam um pouco dos costumes locais de onde estão, não existe exatamente uma celebração de casamento tipicamente cigana. No Brasil, existem dois grandes grupos ciganos: Calom e Rom, cada um com uma cultura própria e tradições que ainda podem variar em diversos subgrupos.


O casamento cigano é realizado após acordo entre os pais do casal, geralmente quando os futuros noivos são ainda muito jovens. Por isso, é comum que homem e mulher não se conheçam até o grande dia. O matrimônio é uma maneira de dar continuidade à cultura e, por isso, só é permitida a união entre famílias do mesmo grupo cigano.


O festejo dura três dias:
  • No primeiro, a noiva é apresentada para a família do futuro marido, com um almoço ou jantar;
  • A cerimônia de casamento é realizada no segundo dia, seguindo as tradições religiosas dos noivos;
  • O último dia é marcado pela festa, que pode se estender por até uma semana.

É tradição que a noiva use trajes vermelhos, simbolizando a paixão, amor e energia da vida de casada. Por sua vez, a exibição da prova de virgindade - na prática, um pano branco que deve ter manchas de sangue - da noiva é um costume muito importante, podendo resultar em anulação do casamento caso a mulher não seja virgem.


Geralmente, as festas ocorrem em tendas especialmente preparadas, onde é oferecido uma farta refeição, bebidas e muita música e dança.
No casamento são usados os mesmos símbolos do noivado: os dois punhais, o lenço vermelho, vinho, pão, sal e uma taça de cristal.

O vinho é para garantir a alegria permanente do casal, o pão e o sal representam a união, a taça de cristal é para que a harmonia se mantenha presente e o punhal serve para a comunhão do sangue.

O famoso pacto de sangue também é um ritual cultivado até hoje, mas apenas entre os Calon. Essa tradição determina que os noivos façam um pequeno corte em seu pulso esquerdo e, em seguida, juntem os braços de modo a unir o próprio sangue.

A seguir, um vídeo de um casamento tipicamente cigano. Só não reparem na qualidade, o vídeo é antigo: 



Esse é um dos poucos, se não o único casamento, em que acho que a noiva de vermelho fica bonita !!!
E vocês, o que acharam?
Conhecem alguém que tenha casado nessa religião?
Conte nos comentários ...
Bjinhuss e Amanhã tem muito mais !!!












Fontes:
Imagens e Textos
Vídeo
Canal do You Tube - TV Mojuba

3 comentários :

  1. Nossa é tudo muito diferente né?
    Até que a noiva de vermelho tava bonita heheheh

    beeeeeeeeeeijo

    segue meu novo blog:

    http://www.vitrinedeestilo.com

    ResponderExcluir
  2. Oii..
    Venho aqui para te convidar à ir ao meu blog e conferir as entrevistas que fiz com alguns cantores!!
    Aguardo você!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi linda, adoro esses significados dos casamentos. Realmente fica muito lindo.

    Beijos

    ResponderExcluir

Você sabia que A-D-O-R-O receber comentários ??
Deixe o seu aqui e faça uma sempre noiva FELIZ !!!
Bjinhuss lindonas !!