13 de dezembro de 2012

Contagem Regressiva 10 meses - Banda ou DJ?

Bom Dia fofolindas ... parafraseando minhas lindona ... hehe !!

Quem apareceu por aqui ontem viu que falei da difícil tarefa de escolher um coral ou orquestra para a cerimônia de seu casamento, agora vamos deixar a coisa mais festeira ... vamos cair na pista?



Você já escolheu a empresa que irá encantar seus convidados e a sua entrada triunfal, seja ela na igreja ou em outro espaço, mas e para a recepção? Festa sem música não é festa né mas a dúvida que permeia o mundo das noivas é - qual o melhor: Banda ou DJ?

Sempre que vamos fechar um contrato devemos estar atentos a diversos fatores que poderão nos deixar felizes ou com uma baita dor de cabeça no final de tudo isso, portanto há algumas dicas básicas de como escolher o melhor formato musical para sua festa de casamento. Vamos a eles?

Para escolher entre um e outro é imprescindível que os noivos levem em consideração algumas coisas como o local do evento, o número de pessoas convidadas e o orçamento destinado à festa.
As duas opções apresentam vantagens e desvantagens, e elas aparecem enquanto pensamos nessa trinca de motivos acima. E, na hora de contratar um DJ ou banda, não deve haver miséria, já que eles são parte muito importante da festa de casamento perfeita.

Um DJ, por exemplo, é a melhor opção para locais menores, com menos convidados, e também para quem tem um orçamento mais enxuto de casamento, já que é só uma pessoa e seu equipamento. O DJ tem o poder de animar a festa com vários tipos de música, interagir com o público, tocar as mais pedidas… porém, não é uma música ao vivo, claro. E não há nada como a beleza e a alegria de uma boa banda tocando as músicas preferidas do público e, claro, dos noivos.

A banda também pode fazer tudo isso que o DJ faz, e ainda ter adicionais como dançarinos e bateria de escola de samba – que vem sendo muito requisitado nos eventos de casamento, a exemplo dos de formatura – mas é um investimento bem mais caro do que o DJ, já que o custo de uma banda se destina a várias pessoas: banda boa não tem menos de quatro componentes. Além disso, é uma boa opção para lugares maiores, com mais convidados, uma vez que a banda consegue preencher mais o espaço sonoro de um evento. O custo é realmente uma das únicas desvantagens da banda, que pode ser mais bem quista em eventos clássicos. Já o DJ pode ser uma ótima opção para eventos mais moderninhos de casamento, e custar muito menos do que uma banda.

Para facilitar tudo isso separei as vantagens e as desvantagens de se contratar tanto um contra a outra opção musical. Analise as possibilidades e veja qual se encaixa melhor em seu orçamento em seu estilo de festa:


As vantagens de se contratar uma Banda

- Não existe nada como a música ao vivo, a energia que é transmitida ao público, sendo mais motivador para os convidados dançarem e interagirem uns com os outros;

- A probabilidade do som ser melhor que um DJ é maior: maior Qualidade Sonora quando o(s) cantor(es) são bons e trabalham com equipamentos de primeira linha

- Os músicos fazem intervalos, o que permite aos convidados terem tempo para pararem e descansarem.

- Um determinado tipo de banda pode ser complementar a um tema de casamento, ou seja, o repertório é pré-determinado;

- Podem fazer algumas coreografias e brincadeiras com os convidados, proporcionando um divertimento diversificado e variado.

- Vai ao local de seu evento antecipadamente e dá sugestão de iluminação, tanto da pista de dança, quanto ambiente

- Fala ao microfone com desenvoltura e também pode proporcionar divertimento e interatividade com seu público

As desvantagens de se contratar uma Banda:

- O custo é maior quase sempre;

- Algumas bandas só tocam um tipo de música, sendo mais limitadas na variedade musical. Também pode haver uma banda que seja muito clássica, ou muito jazz, ou mesmo demasiado típica de um casamento. Muitas vezes não sabem tocar uma música mais especial, ou pedida por algum convidado.

- Muitas bandas não têm controle de volume, sendo bastante barulhentas e, por isso mesmo, nada adequadas a uma recepção de menor dimensão.

- Os músicos necessitam de pausas, muitas vezes quando a música pára não há um CD a tocar durante essas pausas, diminuindo a energia do momento.



As vantagens de se contratar um DJ

- As músicas são realmente interpretadas pelos artistas originais, não havendo adaptações ou diferenças na música que vocês mais gostam;

- Toca “full time”, sem descanso;

- Passa clipes das músicas em telas do tamanho que os noivos escolherem dependo do espaço etc;

- Maior variedade e diversidade musical;

- Aceita sugestões de seus convidados, podendo trocar os ritmos com muito mais destreza;

- Pode levar adereços a serem distribuídos aos convidados em conjunto com a troca de certos ritmos musicais (porém isso as bandas hoje em dia também podem);

- Vai ao local de seu evento antecipadamente e dá sugestão de iluminação, tanto da pista de dança, quanto ambiente

- Fala ao microfone com desenvoltura e também pode proporcionar divertimento e interatividade com seu público

- Muitos DJ’s têm bibliotecas musicais infindáveis. Isto significa que têm uma variedade de música muito grande e que podem agradar a amigos e familiares;

- Não há pausas na música, há sempre um CD a tocar;

As desvantagens de se contratar um DJ:

 - A maior delas é que um DJ monótono, ou que coloca as musicas para tocar e não está presente o tempo todo cuidando do som e da animação, pode arruinar o espírito de uma festa. Muitos DJ’s gravam as suas sessões musicais, podendo estar ou não ser adequadas ao público presente, tentando muitas vezes compensar isso com piadas menos felizes entre as músicas, sendo totalmente inadequados e inoportunos. Façam a playlist juntamente com o DJ para evitar situações como essa.

Se depois de analisar os dois você decidiu optar pelo DJ ou pela Banda, segue algumas dicas para a boa contratação de uma empresa profissional. Ligue para pelo menos 3 empresas e veja com qual você teve mais empatia, e sempre analise:

- Se o DJ for muito jovem, saiba que ele terá preferência a músicas eletrônicas e não terá muita variedade musical (mas também não é geral, há muitos DJs jovens e muito bons com grande variedade musical, portanto pesquise bem);

- Pergunte se tem empresa aberta, se não tiver saiba que é mais um DJ que veio na leva da modernidade e pode lhe trazer muita dor de cabeça;

- Se trabalha com contrato: essa é uma segurança que os dois terão, TANTO O CASAL QUANTO A BANDA OU DJ CONTRATADO;

- Tanto um quanto o outro, cuidado se cobrar muito barato: lembre-se do velho jargão popular, “o barato sempre sai caro” na maioria das vezes;

- Analisem os equipamentos que constam em sua cotação, tanto da Banda quanto do DJ;

- Fuja sempre de Iluminação barata como: raio de Som, Centopeia, Efeito Lúmen, etc...

Existe uma infinidade de regras a ser seguidas, mas o mais importante é ficar atenta e ter todos os cuidados para não cair em golpes e ter dores de cabeça do final de tudo.
Pesquise, pergunte e busque indicações ... depois é só se jogar na pista e ser muito feliz !!!

Abaixo, sugestões de empresas indicadas pelas lindonas que sempre passam por aqui:

Bandas 

Banda Acqua Marina
Banda Company
Banda Lequipe
Banda Shine
Rock Memory Band
Rod Hanna Band

DJ's

DB2 Produção
DJ Lisa Bueno
DJ Marche
FCE Eventos


Meus Deus, como eu falo !! hehe
Ahh, mas acho normal me empolgar com esse tema né minha gente.
Qualquer dúvida ou sugestões de empresas que não estão nessa lista, deixe nos comentários.
Bjinhuss e Até Amanhã !!


Eu vi no Guia de Noivos - Igreja Nossa Senhora do Brasil e na Liga das Noivas


Um comentário :

  1. Eu já contratei o meu DJ e pelo que andei vendo do trabalho dele é ótimo!além de tocar as músicas ele tira foto e filma e manda pro telão tudo ali na hora!

    ResponderExcluir

Você sabia que A-D-O-R-O receber comentários ??
Deixe o seu aqui e faça uma sempre noiva FELIZ !!!
Bjinhuss lindonas !!